07 dezembro, 2011

Postado por Renata Delmondes
Já faz um tempinho que não falo nada sobre o tem de saúde aqui no Misturinha e prometo que vou tentar regularizar esse tipo de postagem, afinal saúde também é cuidar da beleza certo?
Acho que o mundo inteiro já sabe o que é hipertensão, e já está cansado de saber e de ver nos meios de comunicação propagandas que incentivam a população a tomarem medidas preventivas a esse mal que está se tornando tão comum que ninguém se preocupa mais.
Longe de ser tão inofensiva assim os problemas advindos da hipertensão arterial são graves e merecem atenção especial, e ao contrário do que muita gente pensa, a Hipertensão não é uma doença de pessoa idosa, ela pode acometer pessoas jovens que muitas vezes nem sabem que possuem a doença.
Então que tal ficar ligado em algumas dicas?
  • Você já mediu a sua pressão hoje?
Medir a pressão é muito importante. Se em repouso a sua pressão estiver acima de 120/80 mm/Hg fique esperto, isso já pode ser um sinal de que algo pode não estar bem.
Se você já é hipertenso seria muito interessante possuir um esfigmomanômetro (aparelho de pressão) em casa, isso evita sustos. Mas se não tiver procure o posto de saúde mais próximo sempre que puder ou faça acompanhamento mensal em seu PSF (Posto de Saúde Familiar).


  • Você está nos grupos de risco?
Entenda que nos grupos de risco estão as pessoas com sobrepeso e obesas e as pessoas que tem pré-disponibilidade genética para desenvolver a hipertensão, mas isso não quer dizer que você terá a doença, quer  dizer que você tem que tomar muito mais cuidado com com a sua pressão arterial do que pessoas que não tem pré disponibilidade.
Mas mesmo você que não se encaixa nos grupos de risco em que ficar atento, afinal, saúde é coisa séria e uma pessoa magra ou que não tenha familiares com essa doença pode sim vir a desenvolver hipertensão.

Eu por exemplo tenho familiares com essa doença em todos os lados, meu pai por exemplo infartou com apenas 25 anos e minha mãe recentemente descobriu que estava com arritmia cardíaca em decorrência de anos com a pressão arterial desregulada.

  • Então o que fazer?
Antes de mais nada, reduzir o sal  e produtos que possuem muito sódio na sua composição.
Acha que não consegue viver sem sal? É muito ruim? Deixa a comida sem gosto?
Então pense por este lado, se você vir a ter uma problema de pressão você vai ser obrigado a comer sem sal algum, entendeu? Não é diminuir o sal, é COMER SEM SAL. Então é melhor diminuir o sal e continuar a ingeri-lo mas em uma quantidade saudável, do que ser obrigado a passar meses a fio sem comer uma quantidadezinha sequer. Vai por mim, no começo é difícil, mas é uma questão de hábito, depois que você acostuma a comer comida sem sal com certeza vai estranhar uma comida salgada.

Atividade física também é muito importante, uma caminhada não faz mal a ninguém e 30 minutos diários não vai fazer você perder muito tempo. Mas se você é hipertenso é bom tomar cuidado com a atividade física, e se fizer é bom perguntar a um médico cardiovascular, fazer alguns exames pra ter certeza que realmente pode fazer atividade física.


Controlar o peso. No caso da minha mãe a médica pediu que ela perdesse 15 kilos e ela quase chorou, mas é necessário, pois só a perda de peso já ajuda bastante na redução da pressão.


Então gente é isso, tomar cuidado com a saúde é primordial e é o primeiro sinal de amor próprio! Prevenir a Hipertensão pode te poupar de diversas complicações cardiovasculares ( Derrames, Infartos e Insuficiências Cardíacas)  e se você já é hipertenso procure acompanhamento médico o mais rápido possível,  use o medicamento prescrito pelo corretamente e nunca abandone o tratamento sem conhecimento do seu médico!


Postado por Renata Delmondes On 08:34 Seja o primeiro a comentar

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, sua duvida ou sugestão, se possível com nome e e-mail, assim posso respondê-la individualmente.Obrigado pela visita.

Postagens populares

visitantes